All posts by Rita.Matias

SIG-R – Sistemas para Informação Geo-Referenciada

Curso

MEIC

Dificuldade

Fácil

Carga horária

Cerca de 2 hora por semana.

O que se aprende?

Começa-se por aprender de que forma os seres humanos percepcionam o espaço e as relações geométricas e topológicas. De seguida são abordados diferentes tipos de sistemas de coordenadas e quais as vantagens e desvantagens de cada um para os SIG-R. Por fim são lecionados temas como a indexação e pesquisa de informação geo-referenciada bem como diversas técnicas de visualização dessa mesma informação.

Devo comprar o livro?

Não é necessário. A disciplina é lecionada a partir de diversos papers selecionados pelo docente

Autor: João Quitério
 

 

BDMI – Bases de Dados Multimédia Inteligentes

Curso

MEIC

Dificuldade

Fácil

Carga horária

Cerca de 1 hora por semana.

O que se aprende?

Aprende-se diversas formas de compressão de dados multimédia (Áudio, Imagem e Vídeo). Também são abordados métodos de indexação de conteúdos multimédia numa base de dados. Por fim são analisados casos de estudo de sistemas médicos em que os fundamentos aprendidos na cadeira são aplicados

Devo comprar o livro?

Não é necessário. Os slides são bons para acompanhar a cadeira.

Dicas

Consultar os materiais dos anos anteriores pois são muito similares aos exercícios dos trabalhos de casa.

Autor: João Quitério
 

 

SIRS – Segurança Informática em Redes e Sistemas

Curso

MEIC

Dificuldade

Difícil

Carga horária

Cerca de 6 horas por semana durante o projecto

O que se aprende?

Uma cadeira que aborda vários temas de segurança sem nunca aprofundar nenhum em particular. Porém, dada a quantidade de temas e algoritmos diferentes que são aprendidos, torna-se uma cadeira difícil de ser seguida uma vez que existe uma sucessiva alteração de contextos. Dentro dos tópicos aprendidos estão: protocolos de autenticação, gestão de chaves, escrita de código seguro, Sistemas de Detecção de Intrusos e VPNs.

Devo comprar o livro?

Não é necessário. Os slides são bons para acompanhar a cadeira.

Dicas

Apostar no projecto. Tem uma grande componente na avaliação e permite não só desenvolver algo com aplicação prática visível como também pode compensar algum deslise no exame.

Autor: João Quitério
 

 

PGRI – Planeamento e Gestão de Redes Informáticas

Curso

MEIC

Dificuldade

Média

Carga horária

Cerca de 6 horas por semana durante o projecto

O que se aprende?

Numa primeira fase aprende-se aspetos de planeamento de uma rede informática, nomeadamente, tecnologias de rede existentes, estruturas das redes informáticas e arquiteturas de protocolos Internet. Na segunda parte da cadeira são abordados temas de gestão de rede, com especial atenção na monitorização da rede com a ferramenta Cacti.

Devo comprar o livro?

Não é obrigatório mas é aconselhável. Os slides são bons para acompanhar a cadeira, mas nem sempre são suficientes

Dicas

Rever alguma da matéria da cadeira de Redes de Computadores. Existe muitos conceitos de RC que são utilizados em PGRI.

Autor: João Quitério
 

 

PADI – Plataformas para Aplicações Distribuídas na Internet

Curso

MEIC

Dificuldade

Difícil (mas muito interessante)

Carga horária

Cerca de 8 horas por semana durante o projecto

O que se aprende?

É o seguimento da cadeira de Sistemas Distribuídos. Fala-se essencialmente de sistemas distribuídos de grandes dimensões, sendo até analisados casos de estudo muito conhecidos como o Google File System. São apendidos mecanismos de replicação de informação, de sincronização de relógios entre máquinas diferentes, de sincronização de dados e de gestão de faltas, entre outros. Para além disso são abordadas as arquitecturas cliente-servidor, publish-subscribe, P2P e GRID.

Devo comprar o livro?

Não é necessário. Os slides são bons para acompanhar a cadeira.

Dicas

Apostar no projecto. Tem uma grande componente na avaliação e facilita em muito a compreensão de grande parte dos algoritmos aprendidos nas aulas teóricas.

Autor: João Quitério
 

 

SAD – Sistemas de Apoio à Decisão

Curso

MEIC

Dificuldade

Média

Carga horária

Cerca de 5 horas por semana para resolver os trabalhos de casa.

O que se aprende?

Começa-se por aprender técnicas e formas de armazenamento de dados para análise (Data Warehousing). De seguida são estudados diversos algoritmos de Data Mining. São aprendidos algoritmos de descoberta de regras de associação, de clustering e de classificação. Entre os algoritmos aprendidos encontram-se as redes bayesianas, as redes neuronais e as support vector machines.

Devo comprar o livro?

Não é necessário. Os slides são muito bons para acompanhar a cadeira

Dicas

Apostar fortemente na componente prática semanal. São exercícios muito parecidos com os que são colocados no exame final da cadeira.

Autor: João Quitério
 

 

PPlan – Procura e Planeamento

Curso

MEIC

Dificuldade

Média (devido ao projecto)

Carga horária

Cerca de 30 min por semana. Mais tempo na época do projecto

O que se aprende?

É o seguimento da cadeira de Inteligência Artificial. Faz uma revisão geral de todos os procedimentos de procura e de planeamento dados em IA. No entanto é feita uma análise mais profunda em todos eles. São também aprendidos novos algoritmos para ambas as tarefas

Devo comprar o livro?

É importante ter o livro principal da bibliografia, em especial para servir de consulta do funcionamento dos algoritmos. É o mesmo livro que é utilizado na cadeira de Inteligência Artificial de LEIC.

Dicas

Apostar fortemente na componente prática. Não só corresponde a 40% da avaliação final, como permite treinar e compreender os algoritmos estudados. Permite que no final o seu estudo seja mais fácil.

Autor: João Quitério
 

 

CDad – Centros de Dados

Curso

MEIC

Dificuldade

Fácil

Carga horária

Cerca de 30 min por semana. Na altura da preparação da apresentação e da escrita do relatório gasta-se cerca de 5 horas por semana durante 2 semanas

O que se aprende?

Começa-se por analisar o hardware dos servidores e qual a sua arquitectura. De seguida passa-se para uma aprendizagem sobre como os centros de dados são construídos e quais os pontos fulcrais para que estas infraestruturas funcionem. Por fim são abordados tópicos de virtualização de servidores.
É uma cadeira em que se aprende bastantes tópicos sem que se vá em grande profundidade em nenhum deles. A maior aprendizagem que se obtém é sobre o tópico sobre o qual incide a apresentação e respetivo relatório.

Devo comprar o livro?

Não é necessário nenhum livro.

Dicas

Escolham fazer a apresentação o mais cedo possível. Após a apresentação é só escrever um relatório relativo ao tópico da apresentação e têm a cadeira concluída rapidamente.

Autor: João Quitério
 

 

AOBD – Administração e Optimização de Bases de Dados

Curso

MEIC

Dificuldade

Média (devido ao exame)

Carga horária

Cerca de 30 min por semana. Na altura o exame é necessário mais estudo para aprender os algoritmos.

O que se aprende?

É o seguimento da cadeira de bases de dados. Aprofunda-se as técnicas de indexação e de gestão de transacções e de concorrência. Na parte de optimização aprende-se a optimizar queries, índices, esquemas da BD, o controlo de concorrência e mesmo o hardware.

Devo comprar o livro?

É importante ter o livro principal da bibliografia, em especial para servir de consulta do funcionamento dos algoritmos (o exame é com consulta). É o mesmo livro que é utilizado na cadeira de Bases de Dados de LEIC.

Dicas

Estudem as regras dos algoritmos de acordo com o livro da cadeira. Existem algoritmos que podem ter variações consoante o livro onde são consultados, o que pode levar à perda de pontos no exame (ou pelo menos a alguns problemas com a correcção do mesmo).

Autor: João Quitério
 

 

IST_2012_simbolo_thumbnail

AASMA – Agentes Autónomos e Sistemas Multi-Agente

Curso

MEIC

Dificuldade

Médio (devido ao projecto)

Carga horária

Cerca de 1h por semana. Na altura do projecto este valor subiu bastante no meu caso

O que se aprende?

Começa-se a aprender os diversos tipos de agente (reactivo, deliberativo e híbrido), quais os domínios de utilização de cada um dos tipos de agente e quais as arquiteturas mais comuns em cada caso. De seguida aprende-se de que forma é que se consegue criar uma sociedade de agentes. Entre outros conteúdos aprende-se standards de comunicação, de que forma é que agentes podem negociar entre si e alguns protocolos de distribuição de tarefas. Por fim é abordado o tópico da aprendizagem supervisionada embora sem grande profundidade.

Devo comprar o livro?

No meu caso foi importante comprar o livro pois os slides eram versões demasiado simplificadas do mesmo. No entanto o livro só foi importante para o desenvolvimento do projeto.

Dicas

Não escolham um projeto que têm de fazer de raiz o enunciado. Se estão a fazer outras cadeiras de jogos aproveitem para implementarem a IA do vosso jogo. Se não estiverem, escolham um projeto que seja proposto pelo docente.

Autor: João Quitério
 

 

IST_2012_simbolo_thumbnail

TEM – Termodinâmica e Estrutura da Matéria

Curso

LEE

Dificuldade

Fácil/médio

Quanto tempo gastou em média por semana?

1H/2H para realizar apontamentos e estudar a sério antes do teste.

O que se aprende?

Aplica-se essencialmentente a lei dos gases raros: PV = nRT, sendo um misto de química e física semelhante ao 11º ano, com excepção de alguns cálculos matemáticos integrais serem mais fáceis de entender depois de se fazer CDI2.

Devo comprar o livro?

Os slides do Prof. Ferraz são mais do que suficientes.

Dicas

Escrever os passos de execução do problema e repetir as vezes suficientes para entender.

Autor: Tiago Pádua

IST_2012_simbolo_thumbnail

ICSE – Introdução aos Circuitos e Sistemas Electrónicos

Curso

LEE & LETI

Dificuldade

Médio

Quanto tempo gastou em média por semana?

Cerca de 3H/semana para execução e compreensão dos exercícios práticos.

O que se aprende?

Como o nome indica, aprende-se a análise base de circuitos electrónicos (alguns dispositivos, KCL, KVL, malhas e diagramas de Bode)

Devo comprar o livro?

Podes dar uma vista de olhos no livro da biblioteca, mas serve perfeitamente os slides das aulas e as práticas (feitas por ti!).

Dicas

Fazer o máximo de exercícios, registando os passos de execução dos problemas tipo. Como a maioria das tarefas, só vai lá com a prática!
Em caso de dúvidas qualquer colega mais antigo deverá ser capaz de ajudar.

Autor: Tiago Pádua

IST_2012_simbolo_thumbnail

FL I – Formação Livre I

Curso

LEE

Dificuldade

Fácil

Carga horária

Depende do tema que escolheres, pode demorar apenas 1 semana a fazer.

Quanto tempo gastou em média por semana?

Gastei 2H por semana durante as 14 semanas do semestre e cerca de 2/3 dias no período de exames.

O que se aprende?

É uma disciplina pseudo-lúdica. Consiste em realizar um google site com tema à escolha, com verão portuguesa e inglesa.

Devo comprar o livro?

Não há.

Dicas

Marcar o ponto de ir à aula, escolher o tema de criação de site rapidamente,
definir bem a estrutura do trabalho e aproveitar o estes tempos para preencher
os pontos da estrutura no site, em paralelo na verão portuguesa e na inglesa.

Autor: Tiago Pádua

IST_2012_simbolo_thumbnail

DELE – Dispositivos Electrónicos

Curso

LEE

Dificuldade

Fácil / Médio

Quanto tempo gastou em média por semana?

2H/4H

O que se aprende?

O esquema eléctrico dos transístores principais, posso considerar como a molécula da electrónica.
Característica I-V (corrente-tensão) e o cálculo do PFR (Ponto Funcionamento em Repouso = análise contínua = DC) e análise alternada (AC).

Devo comprar o livro?

Não, praticar e tirar dúvidas com o prof deverá ser o suficiente.

Dicas

Arranjar um grupo de colegas para tirar dúvidas.

Autor: Tiago Pádua

IST_2012_simbolo_thumbnail

FIO – Fundamentos de Investigação Operacional

Curso

LEGI

Dificuldade

Média

Carga horária

Teóricas 2h/semana
Prática 1,5h/semana
Auto- estudo: É importante praticar com alguma frequência os exercícios das aulas práticas dada a elevada carga de matéria da disciplina.

O que se aprende?

Ferramentas com o propósito de se analisar problemas complexos de aplicação real. O objectivo da cadeira passa pela identificação de componentes que possam ser modelados e posteriormente analisados

Devo comprar o livro?

Não é necessário comprar o livro, mas este poderá ser útil no auto-estudo para assimilação de conceitos.

Dicas

Os modelos teóricos devem ser bem estudados pois frequentemente são pedidos em teste. É mais simples fazer a cadeira via testes que deixar para a fase de exames devido à elevada carga de matéria.

Recursos

Página da cadeira
Pasta da Dropbox NEEGI

 

IST_2012_simbolo_thumbnail

EP – Elementos de Programação

Curso

LEGI

Dificuldade

Médio/Difícil

Carga horária

Teóricas 3h/semana
Prática 1,5h/semana
Auto- estudo: Frequente devido ao método de avaliação que consiste em mini-testes, exame e projecto. Cerca de 1/2h por semana

O que se aprende?

Introdução à programação em Mathematica, um software com uma forte base em matemática e computação técnica. Pretende-se introduzir os conceitos básicos de programação e estimular o pensamento lógico na resolução de problemas.

Devo comprar o livro?

Em principio a assistência às aulas teóricas será suficiente para o acompanhamento da matéria. Mas pode ser útil caso se queira praticar com mais exercícios.

Dicas

Como não existe livro de apoio à cadeira é essencial a comparência nas aulas teóricas e práticas. Para auxiliar o estudo dos mini-testes/exames, sugiro a resolução de versões de anos anteriores.

Recursos

Página da cadeira
Pasta da Dropbox NEEGI

 

IST_2012_simbolo_thumbnail

EOE – Expressão Oral e Escrita

Cursos

LEGI

Dificuldade

Fácil

Carga horária

No meu caso, talvez tenha gasto cerca de 1h por semana para a cadeira.

O que se aprende?

Aperfeiçoamento da literacia em geral e nos domínios do curso em particular. Aperfeiçoamento da eficácia da mensagem. Correcção e rigor na expressão oral e escrita como veículos da eficácia da comunicação. Aumento da qualidade da percepção escrita e oral em geral e no ambiente académico e profissional em particular. Adaptação da forma e do conteúdo da comunicação ao objectivo da mesma. Estratégias de comunicação. Abordagem comunicativa em diferentes contextos: relatório, apresentação, artigo científico, tese.

Devo comprar o livro?

Os powerpoints das aulas serão suficientes.

Dicas

A cadeira é muito acessível.

Recursos

Página da cadeira

 

IST_2012_simbolo_thumbnail

Q – Química

Cursos

LEGI & LEE

Dificuldade

Média.

Carga horária

No meu caso devo ter gasto uma média de 2h30 por semana, uma vez que são vários testes realizados ao longo do período de aulas.

O que se aprende?

A disciplina pretende dotar o aluno com a capacidade de compreensão da estrutura, propriedades e transformação dos materiais em geral. Essa capacidade assenta no conhecimento de como e porquê os átomos se combinam, formando substâncias ou materiais (Ligação Química), e de como é possível deduzir as respectivas propriedades, a partir da sua composição e estrutura (Relações Estrutura-Propriedade). Assim, a disciplina consiste no estudo da Constituição, Propriedades e Transformação da Matéria.

Devo comprar o livro?

As sebentas indicadas pelo docente são suficientes para o estudo e realização da cadeira com sucesso.

Dicas

É mais acessível a realização da cadeira se esta for feita por testes em tempo de aula, a matéria é menos para cada um dos testes e a compreensão torna-se mais fácil.

Recursos

Página da cadeira

Vídeos de Química @ IEEE-IST Academic

 

IST_2012_simbolo_thumbnail

IG – Introdução à Gestão

Curso

LEGI

Dificuldade

Média.

Carga horária

No meu caso 1h30 por semana e em relação ao estudo para o exame cerca de 5 dias de estudo.

O que se aprende?

Uma introdução a conceitos dados ao longo de toda a licenciatura, como Teoria e Gestão de Organizações, Economia da Empresa e enquadramento externo, Contabilidade, finanças empresariais, análise de investimento e controlo de gestão, marketing empresarial, Logística e gestão da informação na empresa.

Devo comprar o livro?

Não existe um livro específico para a cadeira, mas é aconselhado a compra das sebentas aconselhadas pelo professor na associação de estudantes uma vez que foi feita pelo docente a visar os conteúdos leccionados na cadeira.

Dicas

A realização dos exames anteriores é uma boa forma de complementar o estudo para o exame.

Recursos

Página da cadeira