escrita

A Escola como um meio em vez de um fim

A escola, desde a primária à universidade, deve ser vista como uma fase. Durante essa fase cada um deve esforçar-se por perceber e interiorizar – em vez de fixar e passar nos testes – pois esses conhecimentos serão assumidos e necessários ao longo da vida profissional e não só.

Pelo caminho vamo-nos descobrindo: como somos, aquilo de que gostamos e aquilo que fazemos bem. Ao mesmo tempo devemos criar e manter hobbies. As actividades extra-curriculares sempre foram importantes para mim, pois eram momentos em que me sentia útil ao fazer parte de algo maior, onde lidava informalmente com professores e conhecia outros colegas (aqueles com quem todos os dias nos cruzamos, mas com quem nunca falamos).

A escola deve servir para aprender e crescer. O final dela não tem nada de especial. O que importa é o percurso, esse sim é particular a cada estudante e é o que os distingue.

- Diogo Nunes

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>