Tag Archives: tempo

workload_produtive

Produtividade… na carga horária

Este é um precioso diagrama de fluxo (flowchart) que apresenta as soluções para os principais problemas que possas ter com a tua carga horária.  Por exemplo, tens demasiadas coisas que te distraem quando estás a trabalhar? Sugestões: usar o Evernote ou ver o vídeo “Getting Things Done”. Na versão interativa, os círculos amarelos levam-te aos sites das ferramentas, os vermelhos apontam para vídeos e os azuis apresentam artigos.

Se clicares na imagem vais ter à versão interativa (original de Simply Business)

A plus apple

9 dicas simples para um bom aproveitamento na faculdade

Antes de mais é preciso dedicação. Aqui fica o que fiz e aconselho para ter um bom aproveitamento na faculdade:

  • Calendário onde marcava todos os prazos (entregas de projectos, testes, etc.) e anotava o que esperava fazer em cada dia.
  • Nada de jogos (desinstalei-os), muito pouco de redes sociais (menos de 30 min/semana). Neguei participar em qualquer jogo online e/ou social da moda.
  • Nada de vídeos ou canais de Youtube. Para todos os vídeos ou notícias que me pareciam interessantes eram guardados como “favoritos/marcadores” numa pasta Ler+Tarde. Quando fazia uma pausa via um desses vídeos ou notícias (leitura diferida).
  • Prioritizar cadeiras: aquelas que achava inúteis ou desinteressantes recebiam apenas o essencial de esforço horas/energia. Essas horas poupadas eram investidas nas outras.
  • Grupos de trabalho VS convívio. Tentei estar em grupos em que todos estão interessados e/ou possuem os mesmos conhecimentos. Trabalho é trabalho, conhaque é conhaque.
  • Começar trabalhos importantes com antecedência. Sempre que necessário ir a aulas de apoio com os professores.
  • Ir sempre às aulas e estar concentrado durante esse tempo (caso contrário mais vale não ir). Tomar notas que complementem os slides.
  • Dormir o necessário (depende de cada um, eu dormia pelo menos 7h) (e sim, acordava às 6h da manhã todos os dias).
  • leitura recomendada deve ser consultada e não lida, ou seja deve ser lida à medida da necessidade. Não ler tudo por antecipação.
Calendário

Gere o teu tempo com um calendário

Entraste para a faculdade e pensas que vai ser igual à secundária? Pois enganas-te! Aqui tens que trabalhar ao longo do semestre, fazer projetos e estudar… muito! Aqui vão algumas dicas para te ajudar a gerir o tempo que terás disponível, não só para estudar, mas também para desanuviar a cabeça.

Calendário

1. Arranja um calendário

Podes usar um calendário em papel, no telemóvel, no Gmail. Não importa em que formato, importa que o arranjes! Marca nele todos os testes e entregas de projeto. Também deves ter atenção que não vais conseguir estudar de forma contínua durante um dia inteiro. Deves ter também em conta o tempo para descansares.

2. Não enchas o teu calendário

Existem coisas que não podes prever, como um atraso, um acidente ou um convite inesperado. É essencial que aloques algum tempo para o caso de algum destes imprevistos acontecerem, para assim ser fácil conseguires realocar o tempo “perdido”.

3. Planeamento adiantado

Se tens um projeto para entregar na última semana do semestre e pensas que vais precisar de 2 semanas para fazer é bom andar para trás no calendário, desde o dia em que o tens que o entregar, e ir alocando o tempo que tens disponível. Se conseguires aloca mais 2/3 dias do que achas necessário pois nunca conseguirás ter uma previsão exata do tempo que vais gastar.

4. Interrupções

As interrupções são as grandes causadoras do não cumprimento de planos. Distinguir momentos de trabalho de e momentos de lazer é essencial. Se um colega te interrompe para te mostrar algo no YouTube, Facebook, etc., diz-lhe para esperar um pouco e que vês o que ele te queria mostrar quando fizeres a tua pausa.

5. Pausas

Enquanto estás a trabalhar (por exemplo a estudar ou a fazer um projeto) deves estar concentrado nessa tarefa e evitar ao máximo aquelas “pequenas” pausas para ir ao Facebook, 9GAG ou ao e-mail. Faz pausas de 5-15 minutos depois de 1h de estudo. O cérebro humano não consegue “absorver” muita informação seguida, por isso é importante dares-lhe o merecido descanso.

 

Fontes: