Tag Archives: teste

studying

8 maneiras de melhorares o teu estudo

Come frequentemente mas em pequenas quantidades

Evita comer muito antes de estudares. Demasiada comida vai colocar o teu corpo em modo “hibernação”. Mas também não deves passar fome, por isso refeições pequenas são o aconselhável.

Estudas quando estás mais desperto

Estuda de acordo com o teu relógio biológico. Estás mais ativo durante a manhã ou durante a noite? Agenda os teus materiais mais difíceis para quando estás mentalmente no teu melhor – em termos de concentração e motivação – e os mais fáceis para as outras alturas. Vais ver que o rendimento do teu estudo vai ser muito melhor.

Bebe água frequentemente

Deves ir bebendo água durante a tua sessão de estudo, especialmente quando te sentes mais esgotado. A cafeína pode ajudar a manteres-te acordado, mas também pode aumentar a tua ansiedade – usa-a com moderação.

Não fiques demasiado confortável na tua cadeira

Escolhe uma cadeira que suporte as tuas costas. Ela deve ser confortável, mas não demasiado. Se o teu corpo estiver confortável, a tua energia é canalizada para onde interessa – o teu cérebro. Se estiveres demasiado confortável e não tiveres respeitado a 1ª regra (comido demasiado) então o mais provável é adormeceres.

Limpa da tua secretária tudo o que não interessa

A tua secretária só deve ter tudo aquilo de que necessitas para o estudo e nada mais. Tudo o que estiver lá a mais vai servir para te distrair ou para te tornar mais ansioso (objetos que te façam lembrar outros compromissos). “Mesa arrumada é mente arrumada.”

Faz uma pausa a cada hora

Tal como já referimos noutros artigos, é importante fazeres pausas quando te sentes cansado ou quando a tua concentração está a desvanecer-se. Pausas regulares ajudam-te a recarregar energias e a recuperar a concentração. Gere o tempo de trabalho versus tempo de pausa à tua maneira.

Exercita-te durante as pausas

Quando estás sentado durante muito tempo, a gravidade puxa o teu sangue para as partes inferiores do teu corpo e as tuas articulações e músculos ficam entorpecidos. Quando fazes uma pausa, faz algumas respirações profundas para enviares mais oxigénio para o teu cérebro, anda um pouco pela divisão ou faz alongamentos. Assim vais aliviar a tensão no teu corpo e ativar a circulação.

Estuda à mesma hora, no mesmo sítio

Tenta estudar sempre no mesmo sítio e se possível às mesmas horas. Desta forma não só crias uma rotina como vai fazer o teu cérebro associar determinado lugar ou hora ao estudo. Assim quando te sentares o teu cérebro já sabe o que vai fazer e já se preparou. Não subestimes o poder da psicologia.

AnkiLogo

Ferramenta para decorar matéria e exercitar a memória

É sabido que se quiseres decorar algo precisas de repeti-lo várias vezes. Decorar datas, nomes, capitais, fórmulas, já todos passámos por isso. Agora tens uma ferramenta para te facilitar o processo: ANKI.

O funcionamento é muito simples e é baseado nos cartões Pergunta-Resposta. Para utilizar basta criar um “cartão” com a resposta que queremos fixar e a respectiva pergunta ou alguma pista que nos leve à resposta. Podes criar quantas quiseres e formar assim um “baralho” e dar-lhe um nome. Podes até partilhar estes baralhos com os teus colegas.

Quando terminares de criar os teus cartões podes praticar:

  1. O ANKI mostra-te a pergunta;
  2. Tu dizes a resposta em voz alta;
  3. Clicas em “Mostrar resposta” e confirmas se acertaste;
  4. Por fim classificas a dificuldade que tiveste em responder.

O fantástico desta (aparentemente) simples aplicação é que ela adapta-se às tuas dificuldades. Aquelas perguntas que tu classificaste como difíceis vão ser perguntadas mais frequentemente do que as que fáceis. E quanto mais vezes classificares uma pergunta como fácil mais tempo vai demorar até ser perguntada outra vez (podendo ir de dias até meses). Além disso ainda te permite ver estatísticas do teu desempenho.

Site oficial: http://ankisrs.net

StudyHard

Dicas para um exame de sucesso

Antes do exame

It’s the night before a big exam, and suddenly you’ve realized that those equations won’t solve themselves.

É isto que acontece a vários alunos na faculdade. Não estudam o suficiente durante o semestre e na época de deparam-se com muito pouco tempo para estudar as matérias que foram lecionadas ao longo de um semestre.

É importante ter atenção a quatro tópicos:

  • Quanto tempo resta para estudar?

É essencial avaliarmos o tempo que temos disponível para estudar, e quanto tempo vai ser atribuído a cada cadeira. Algumas cadeiras precisarão de mais horas de estudo do que outras. Não nos podemos esquecer que é impossível estudar muito tempo seguido com o mesmo nível de concentração. É importante fazer pausas regulares.

  • Onde estudar?

Muitas pessoas conseguem estudar num ambiente ruidoso. Na minha opinião um sítio calmo é o ideal. Podem escolher, por exemplo, entre uma biblioteca ou mesmo a própria casa, mas nunca perto de elementos que possam desviar a atenção (TV). O PC deve ser utilizado quando as matérias estão em formato digital (e não para ter o Facebook aberto).

  • Que elementos de estudo usar?

Para mim os slides das aulas teóricas e os exercícios realizados nas aulas práticas são fundamentais. Para tirar alguma dúvida recorro ao livro da cadeira, ou mais rapidamente à Internet (Wiki, fóruns, etc.).

Exames de anos anteriores são usualmente distribuídos pelos professores do ano corrente, mas se isto não acontecer, pode-se sempre ir às páginas de anos anteriores para os consultar.


Dia do exame

Existem vários tipos de questões nos exames. Temos as de escolha múltipla, Verdadeiro/Falso, resposta curta e de programação. Também existem os exames chamados de Open Books.

Escolha múltipla

  • Ler atentamente a pergunta e as escolhas possíveis é essencial.
  • Eliminar as respostas que temos a certeza que estão incorretas.
  • Antes de fazer a escolha final, reler todas as opções.
  • O primeiro instinto geralmente é o correto (a menos que tenhamos interpretado mal a pergunta).
  • Se se estiver a gastar muito tempo na mesma pergunta, é melhor passar à frente e depois volta-se a esta.
  • Se não existe desconto por respostas erradas (muito pouco provável), começar a fazer suposições.

Verdadeiro/Falso

  • É importante lembrar que se alguma parte da resposta é falsa, toda a resposta é considerada falsa.
  • Palavras como “nunca” e “sempre” significam que a resposta tem que ser verdadeira em todas as situações.
  • Palavras como “usualmente”, “por vezes” e “geralmente” significam que a resposta é verdadeira ou falsa consoante as situações.

Resposta curta

  • Usar respostas simples e frases concisas.
  • Se não nos lembramos da resposta, tentar fazer uma educated guess. Uma resposta parcialmente correta tem mais pontos que uma resposta em branco.

Programação

Em exames de cadeiras de programação, onde por vezes existem projetos para realizar durante o semestre, é usual existir uma pergunta de programação sobre esse mesmo projeto. O que é pedido nessa questão é um incremento da funcionalidade desse projeto, ou algo muito semelhante do que foi feito nesse trabalho. Quem participou no projeto, e fez uma revisão do que foi feito antes do exame não vai ter grandes problemas em responder a esta pergunta.

Com consulta

Com este tipo de exames, é possível levarmos o material que quisermos para o exame. Livros, apontamentos, slides…

Embora pareça que o trabalho fica muito mais fácil, se não nos prepararmos antes, não saberemos onde procurar as matérias, e levaremos muito tempo a encontrá-las. Separar a matéria por tabs é uma boa solução para economizar tempo, para conseguirmos encontrar a resposta no meio de tanta informação.

Fontes: